Conteúdo do estudo

Idiomas disponíveis

RESUMO DO MERCADO

1.1 Definição e âmbito do estudo

O mercado britânico de cerveja cresceu 1,1% em 2018 para um valor total de £9 bilhões. Este mercado é directamente impulsionado pelo consumo privado, quer através da compra de cerveja em supermercados, quer em bares e estabelecimentos que servem álcool.

Recorde-se que existem três categorias principais de cerveja consumida no Reino Unido: ale, lager e stout. Cada uma destas cervejas tem as suas próprias características que podem variar de uma região do Reino Unido para outra, tornando a cerveja um produto relativamente artesanal. Os padrões de consumo estão a mudar, com a maior parte das cervejas produzidas historicamente no Reino Unido a partir da ale le le ou stout até aos anos 70, mas desde então, a intensidade da lager, que domina actualmente em termos de quota de mercado, aumentou.

O crescimento do mercado deve-se principalmente ao facto de os consumidores de cerveja serem cada vez mais tentados a experimentar novos sabores e sabores, o que incentiva os produtores a oferecer novas cervejas para satisfazer esta procura. Isto levou a uma segmentação cada vez mais difusa entre os produtos, devido, em particular, ao desenvolvimento de cervejas que misturam as características de várias variedades. Por exemplo, ao modificar o processo de fermentação, é possível obter uma cerveja seca, característica da cerveja lager, mas com os aromas maltados característicos da cerveja Ale.

Assim, o mercado da cerveja, que está em plena renovação, é essencialmente impulsionado pela procura de novos sabores por parte do consumidor. Esta situação beneficiou especialmente o sector do artesanato e da cerveja independente, cuja actividade aumentou. Estão também a desenvolver-se novas ofertas, colocando o consumidor no centro da experiência de produção de cerveja com kits de preparação de cerveja em casa ou em estabelecimentos onde os consumidores podem fabricar directamente a sua cerveja. Estas novas ofertas estão a desenvolver-se numa altura em que os bares enfrentam grandes desafios e muitos fecham as suas portas, afectados pelos elevados custos de exploração e pelo facto de o consumo de cerveja ser cada vez menos consumido em locais específicos e cada vez mais consumido pelas compras nos supermercados

Além disso, a cerveja não alcoólica registou o maior crescimento em volume no setor da cerveja em 2018. Com efeito, questões como a saúde e o bem-estar estão a levar um número crescente de consumidores a moderar o seu consumo de álcool. As bebidas alternativas e a abstinência entre os mais jovens devem continuar a representar uma ameaça para o mercado da cerveja no Reino Unido, mas é também uma oportunidade para novos produtores, mas é também uma oportunidade para novos produtores ou para a renovação de certas gamas de produtos. Contudo, deve notar-se que o mercado continua a ser dominado principalmente pelos fabricantes tradicionais de cerveja como a AB-InBev, a Carlesberg, a Heineken e a SABMiller.

 

ANÁLISE DE DEMANDA

ESTRUTURA DO MERCADO

ANÁLISE DA OFERTA

REGRAS E REGULAMENTOS

POSICIONAMENTO DOS ACTORES

Para ler mais, compre o estudo completo

What is in this market study?

  • What are the figures on the size and growth of the market?
  • What is driving the growth of the market and its evolution?
  • What are the latest trends in this market?
  • What is the positioning of companies in the value chain?
  • How do companies in the market differ from each other?
  • Access company mapping and profiles.
  • Data from several dozen databases

  • This market study is available online and in pdf format (30 p.)
  • Consult an example PDF or online
Compre esta pesquisa de mercado 89€

Disponibilidade em 10 dias úteis

Método

Dados
Analistas 1 sector analisado
em 40 páginas
Método
Controle

Analistas

  • Principais Universidades
  • Parecer do perito

Dados

  • Bases de dados
  • Imprensa
  • Relatórios da empresa

Controle

  • Actualização contínua
  • Vigilância permanente

Método

  • Estrutura sintética
  • Gráficos padronizados

Analistas

Hugo S.

chargé d'études économiques, Xerfi

Hugo S.

Hugo S. logo 1 Hugo S. logo 2
Mathieu Luinaud

Associate Consultant

Mathieu Luinaud

Mathieu Luinaud logo 1 Mathieu Luinaud logo 2
Education Formation
Robin C.

PhD Industrial transformations

Robin C.

Robin C. logo 1 Robin C. logo 2
Pierre D.

Analyst

Pierre D.

Pierre D. logo 1 Pierre D. logo 2
Arnaud W.
Linkedin logo

Ross Alumni Club France

Arnaud W.

Arnaud W. logo 1 Arnaud W. logo 2
Amaury de Balincourt
Linkedin logo

Analyste de marché chez Businesscoot

Amaury de Balincourt

Amaury de Balincourt logo 1 Amaury de Balincourt logo 2
Pierrick C.

Consultant

Pierrick C.

Pierrick C. logo 1 Pierrick C. logo 2
Maelle V.

Project Finance Analyst, Consulting

Maelle V.

Héloise Fruchard

Etudiante en Double-Diplôme Ingénieur-Manager Centrale

Héloise Fruchard

Héloise Fruchard logo 1 Héloise Fruchard logo 2
Imane E.

EDHEC

Imane E.

Imane E. logo 1 Imane E. logo 2
Vincent D.

Auditeur

Vincent D.

Vincent D. logo 1 Vincent D. logo 2
Eva-Garance T.

Eva-Garance T.

Eva-Garance T. logo 1 Eva-Garance T. logo 2
Michela G.

Market Research Analyst

Michela G.

Michela G. logo 1 Michela G. logo 2
Azelie P.

Market Research Analyst @Businesscoot

Azelie P.

Azelie P. logo 1 Azelie P. logo 2
Cantiane G.

Market Research Analyst @Businesscoot

Cantiane G.

Cantiane G. logo 1 Cantiane G. logo 2
Jules D.

Consultant

Jules D.

Jules D. logo 1 Jules D. logo 2
Alexia V.

Alexia V.

Emil Ohlsson

Emil Ohlsson

Anna O.

Anna O.

Gabriel S.

Gabriel S.